Início » Homenagem Póstuma ao Associado Manfred Theodor Schmid

Homenagem Póstuma ao Associado Manfred Theodor Schmid

Engenheiro Civil Falecido em 01/05/2023.

Crônica escrita por Véspero Mendes, Ex-Presidente do IEP.

O Engº. Civil Manfred Theodor Schmid faleceu neste ano de 2023, em 01 de maio, dia em que a sociedade dos homens enaltece a figura do Trabalhador.

Nesta mesma data a Igreja Católica anuncia as qualidades do Bom Pastor, missão atribuída por Jesus Cristo a si mesmo.

O meu estimado colega Manfred deu-se muito bem nesses dois campos de sua existência: foi um excelente Trabalhador na cidade dos homens; e não menor mérito tem a sua colaboração pessoal nas atividades do reino de Deus na terra.

A turma de Engenheiros Civis de 1957 diplomou Manfred para o exercício dos misteres da Engenharia e o despertou para ser professor universitário. A essas duas atividades o Prof. Manfred dedicou sua vida profissional. E o seu desempenho trouxe marcos indeléveis ao desenvolvimento de tecnologias aplicáveis às edificações.

Entre ações de natureza social e comunitária, cumpre-me o honroso dever de recordar a participação do Prof. Manfred no Instituto de Engenharia do Paraná, onde fez parte da Diretoria, desempenhando, por mandato eletivo, o cargo de Secretário da Entidade.

Na década nona da sua existência este Engenheiro ainda estava produzindo! Encontrei-o na Paróquia dos Redentoristas, num momento em que ele exercia o Ministério da Sagrada Comunhão. Ainda em tempos recentes Manfred dedicou-se a elaborar preciosos registros das observações que fez sobre um tema de sua predileção, o qual eu exprimo como “virtudes novas para o antigo concreto armado”. O ano de 2022 presenteou a sociedade brasileira com a edição do livro intitulado: “A Protensão Parcial do Concreto”, cujo conteúdo provém da memória e da criatividade do seu autor, Manfred Theodor Schmid.

Eu trabalhei lado a lado com o estimado colega Manfred, quando juntos, no Paraná, cuidamos de assuntos de Educação e Cultura. Então, ele superintendeu a ação de ampliar e melhorar as edificações da rede escolar pública, em todo este Estado. Eu penso que esta atividade do Prof. Manfred propiciou-lhe extraordinário e abençoado convívio com sua esposa, a Professora estadual Maria Thereza.

Manfred e Maria Thereza são exemplos muito dignos de esposos e de pais, fiéis e felizes durante toda uma vida.