Início » Conselho » Colégio de presidentes

Colégio de presidentes

É composto pelos Associados que exerceram a Presidência do IEP por mais de 12 (doze) meses e pelo Presidente do IEP em exercício, tendo entre suas competências apresentar ao Conselho Deliberativo e Diretoria propostas destinadas a fomentar ou aperfeiçoar as atividades do IEP, assegurar a preservação dos valores e princípios corporativos e éticos do IEP, deliberar sobre infração ao código de ética do IEP, e demais competências previstas no Estatuto do IEP.

MEMBROS DO COLÉGIO DE PRESIDENTES
Engº. Cassio José Ribas Macedo
Engº. Gilberto Piva
Engº. Horácio Hilgenberg Guimarães
Engº. Jaime Sunye Neto
Engº. José Rodolfo de Lacerda
Engº. Luiz Cláudio Mehl
Engº. Nelson Luiz Gomez
Engº. Ney Fernando Perracini de Azevedo
Engº. Véspero Mendes

REGIMENTO INTERNO COLÉGIO DE PRESIDENTES

Galeria de presidentes

ENG. JOÃO MOREIRA GARCÊZ <br />          Gestão 1926/1928 Primeiro presidente do IEP. Era na época, prefeito de Curitiba, cargo que ocupou por 10 anos, em três gestões. Pavimentou pela primeira vez a Rua XV de Novembro. Construiu o edifício Garcez, primeiro “arranha-céu” da cidade.
ENG. JOSÉ NIEPCE DA SILVA <br /> Gestão 1928/1929 Ocupou cargos públicos de importância no Paraná. Quando diretor de obras e viação contribuiu para o melhoramento das estradas do Estado. Foi coronel da Engenharia, jornalista, autor de vários livros sobre o clima e presidente do Clube Curitibano.
ENG. PLÍNIO ALVES MONTEIRO TOURINHO <br /> Gestão 1929/1930 – 1938/1939 Como diretor da Faculdade de Engenharia, liderou o grupo que criou o IEP, sendo eleito presidente honorário. Foi um dos fundadores da Universidade Federal do Paraná. Como militar, participou da Revolução de 1930. Catedrático em Astronomia.
ENG. ADRIANO GUSTAVO GOULIN <br /> Gestão 1930/1931 Engenheiro, advogado e industrial. Participou da fundação da Universidade do Paraná. Professor de Hidráulica, Mecânica Aplicada, Resistência dos Materiais, Estradas, entre outras. Diretor de Obras da Prefeitura de Curitiba, chegou a substituir o prefeito no cargo.
ENG. AGNELLO RIBEIRO RIBAS <br />         Gestão 1931/1932 Foi o mais jovem professor da Universidade do Paraná nos primeiros anos da instituição. Ministrou a cadeira de Mineralogia e Geologia. Foi um dos fundadores do IEP.
ENG. ARNALDO IZIDORO BECKERT <br /> Gestão 1932/1935 e 1940/1941 Professor, secretário e três vezes diretor da Faculdade de engenharia ao longo dos anos 1930. Catedrático de Física Experimental e Meteorologia. Engenheiro da Prefeitura de Curitiba, foi diretor de Edificações e prefeito interino em breves períodos.
ENG. FLÁVIO SUPLICY DE LACERDA <br /> Gestão 1933/1934 Ministro da Educação, reitor da UFPR durante 15 anos, presidente do Crea-PR, engenheiro-chefe da RVPSC. Autor de obras importantes e referenciais como “Estudos do Fenômeno Flambagem” e “Resistência dos Materiais”. Construiu o conjunto da Reitoria, o Hospital de Clínicas, a Imprensa Universitária, o Centro Politécnico, entre outros.
ENG. JOÃO PAZ RAIMUNDO FILHO <br /> Gestão 1935/1936 Fundador do IEP e do Clube de Xadrez de Curitiba. Construtor de estradas, engenheiro fiscal de ferrovias, comissário de terras, presidente da Comissão de Tomada de Contas da Companhia Ferroviária São Paulo-Paraná e da Companhia Telefônica Paranaense, entre outros cargos.
ENG. DURVAL DE ARAÚJO RIBEIRO <br /> Gestão 1936/1937 Diretor da Faculdade de Engenharia em três períodos, foi professor de Topografia, Eletrotécnica, Estatística e Economia Política e Materiais de Construção. Catedrático na cadeira de Organização das Indústrias.
ENG. RAUL ZENHA DE MESQUITA <br /> Gestão 1937/1938 Diretor da Rede de Viação Paraná Santa Catarina, pautou sua atuação pela modernização da ferrovia. Participou ativamente nas obras de eletrificação da rede e da aquisição das locomotivas elétricas. Também foi presidente do Crea/PR e prefeito da cidade de Jacarezinho, norte do Paraná.
ENG. RUBENS PEREIRA REIS DE ANDRADE <br /> Gestão 1941/1942 e 1942/1943 Professor de Astronomia e Geodésia. Depois de presidir o IEP por dois períodos, foi eleito presidente do Crea-PR, ficando 10 anos no cargo. Presidiu a Comissão de Estudos e Obras dos rios Tocantins e Araguaia, nos idos de 1948, quando elaborou projeto para aproveitamento navegável dessa bacia hidrográfica.
ENG. RUY VIRMOND CARNASCIALI <br /> Gestão 1943/1944 Responsável técnico por uma vasta gama de projetos e construção de estabelecimentos industriais, edifícios de escritórios e residenciais, terraplanagens, estradas, pontes e grandes estruturas nos Estados do Paraná e de Santa Catarina. Presidiu a Companhia Paranaense de Silos e Armazéns, foi diretor da Codepar Crédito, Financiamento e delegado do BNH para o PR e SC.
ENG. VENEVÉRITO DA CUNHA <br />      Gestão 1947/1948 Autor do projeto de cálculo estrutural de importantes obras como o edifício-sede do IEP, Palácio 29 de Março, sede da Prefeitura, Biblioteca Pública do Paraná, os prédios do Sesi, Senai, Celepar, Ordem Rosa Cruz, Tribunal de Contas, Sinagoga Francisco Frischmann, e em outras cidades, como o Fórum de Londrina, a Fundição Tupy, em Joinville (SC), estabelecimentos bancários no Rio Grande do Sul, várias igrejas e outros.
ENG. CARLOS LUIZ LÜCK <br /> Gestões 1948 a 1955 Atuou em diversos órgãos públicos. Participou da construção de obras nos portos de Paranaguá e Antonina e da ponte Brasil-Paraguai. Na primeira de suas cinco gestões à frente do IEP, obteve da Prefeitura de Curitiba a doação de um terreno na avenida Barão do Serro Azul para a construção da sede própria do Instituto. Mais tarde, conseguiu do governo do Estado a cessão de outra área, onde iniciou as obras de fundação do edifício-sede do Instituto.
ENG. ELIASIB GONÇALVES ENNES <br /> Gestão 1955/1957 Professor da UFPR, mestre em Acústica Arquitetônica e Física Aplicada. Dirigiu departamentos da Escola Superior de Guerra . No IEP, dirigiu os trabalhos das fundações da sede própria e deixou pronta a laje do primeiro andar para ser concretada; mais tarde, como diretor de sede, na gestão Parigot de Souza, administrou a obra até o quarto pavimento. Obteve a declaração de utilidade pública do IEP no município e no estado.
ENG. MÁRIO DE MARI <br /> Gestão 1957/1959 Engenheiro da Prefeitura de Curitiba, foi o primeiro diretor do Departamento de Planejamento e Urbanismo. Foi proprietário e responsável técnico por empresa de engenharia responsável por grandes obras em vários estados brasileiros. Presidiu o Badep e a Federação das Indústrias. Sua gestão no IEP representou avanços significativos na construção da sede própria e, com a venda do terreno da avenida Barão do Serro Azul, destinou recursos à continuidade da obra.
ENG. PEDRO VIRIATO PARIGOT DE SOUZA <br /> Gestão 1959/1961 Governador do Paraná entre novembro de 1971 e julho de 1973, faleceu no exercício do cargo. Especializado em Hidráulica e Hidrologia, presidiu a Copel de 1961 a 1970, construindo grandes usinas, como Salto Osório, Foz do Chopim, Salto Grande do Iguaçu e Capivari-Cachoeira, que hoje leva seu nome. Criou na UFPR o Centro de Pesquisas Hidráulicas. “Engenheiro do Ano de 1972” pelo Instituto de Engenharia de São Paulo.
ENG. IVO ARZUA PEREIRA <BR> Gestão 1961/1963 Ministro da Agricultura, legou ao país a Carta de Brasília, que balizou o planejamento da agricultura brasileira. Prefeito eleito de Curitiba, gestão 1962-1967, criou a Urbs, o Ippuc, renovou o centro urbano, construiu a Vila Nossa Senhora da Luz de casas populares, a rede de ensino de primeiro grau e muitas outras. No IEP, destaque para reforma do Estatuto, mMvimento vitorioso pela remuneração mais justa aos engenheiros, execução da estrutura de concreto armado e vedação em alvenaria de tijolos da nova sede.
ENG. RUBENS MEISTER <br /> Gestão 1963/1965 Professor e chefe do Departamento de Construção Civil da UFPR. Integrou a Comissão de Planejamento de Curitiba e o Grupo de Trabalho do Plano Diretor do Centro Cívico; participou da Comissão de criação do curso de Arquitetura da UFPR e Comissão de Especialistas de Ensino de Engenharia. Entre seus principais projetos destacam-se o Teatro Guaíra, a Estação Rodoferroviária, a Biblioteca Pública, o Palácio Avenida, entre outros. Em sua gestão no IEP, foi elaborado o plano cooperativo para aquisição de automóveis, atual consórcio, que começou a operar na gestão seguinte.
ENG. EURO BRANDÃO <br /> Gestão 1965/1967 Ministro da Educação e Cultura, depois de quatro anos como secretário geral do MEC. Reitor da PUCPR de 1986 a 1997. Presidente do BADEP. Diretor-superintendente da RVPSC e secretário de Transportes do Paraná. Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e membro de importantes instituições internacionais ligadas à Engenharia. No IEP, inaugurou o salão social do edifício-sede, pavimentou o estacionamento e deu seguimento às obras. Em sua gestão começou a operar o consórcio de automóveis.
ENG. VÉSPERO MENDES <br /> Gestão 1967/1969 Secretário de Estado do Paraná nas pastas do Governo, Educação e Cultura, Planejamento, Administração, superintendente da Fundepar, presidente do Conselho Estadual de Educação, diretor técnico da Codepar, diretor administrativo do DER e da UFPR, assessor técnico do Ministério de Agricultura. Foi, ainda, diretor administrativo da Copel, diretor de suprimentos da Eletrosul e diretor da Delegacia do MEC no Paraná, além de atuar na iniciativa privada.
ENG. PAULO AUGUSTO WENDLER <br /> Gestão 1969/1971 Professor titular da disciplina de Resistência dos Materiais na Escola de Engenharia da UFPR, tendo ali lecionado desde a sua graduação até atingir a idade da aposentadoria. Professor da antiga Escola de Oficiais Especialistas de Infantaria de Guarda da Aeronáutica. Vários projetos estruturais importantes tiveram a sua assinatura, como a cobertura do Teatro Guaira, o Teatro da Reitoria, o Centro Politécnico da UFPR, entre outros. No IEP, concluiu toda a estrutura do 4º ao 15º pavimentos, inclusive a laje de cobertura, a caixa d’água superior e os poços dos elevadores.
ENG. CÁSSIO BITTENCOURT MACEDO <br /> Gestão 1971/1973 Duas vezes secretário de Estado de Viação e Obras Públicas do Paraná, engenheiro residente do DER/PR em Londrina, diretor de Obras e Planejamento da Prefeitura de Londrina. Presidente da Apeop, vice-presidente do Sicepot, membro dos conselhos consultivos do IEP, Apeop e Fiep. Diretor de várias empresas de engenharia. Responsável técnico do consórcio que executou a Usina de Segredo no rio Iguaçu. No IEP, presidiu em 1972 a VII Convenção Nacional de Engenheiros, com a presença de 700 profissionais de quase todos os estados da federação.
ENG. LUIZ CARLOS PEREIRA TOURINHO <br /> Gestões 1973 a 1987 e 1993/1995 Engenheiro, professor e general de brigada da reserva. Diretor do DER no governo Bento Munhoz da Rocha Neto e autor do primeiro Plano Rodoviário do Paraná. Introdutor da aerofotogrametria no estudo de estradas e iniciador da pavimentação asfáltica no estado. Diretor técnico da Copel, interventor do Instituto Brasileiro de Reforma Agrária, diretor da Escola de Engenharia e chefe do Departamento de Transportes da UFPR. Presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná. Em 1976, nos 50 anos do IEP, inaugurou o edifício-sede.
ENG. NEY FERNANDO PERRACINI DE AZEVEDO <br /> Gestões 1987/1993 Presidente nacional da Abenc. Trabalhou na Copel durante 29 anos, 16 deles na assessoria da presidência. Professor desde 1969, atuou nas áreas de estatística e qualidade, na FAE e na UFPR. Dedica-se a atividades na área educacional, implantando e coordenando programas de desenvolvimento profissionais. Coordenador da Semana Paranaense de Engenharia Civil. Iniciou no IEP o processo de integração com entidades congêneres. Realizou eventos técnicos nacionais. Estimulou a participação dos associados e familiares em atividades sociais do IEP. Publicou e dirigiu a Revista Técnica em 39 edições. Incorporou mais um pavimento do edifício do IEP. Promoveu competições esportivas de diversas modalidades.
ENG. IVO MENDES LIMA <br /> Gestão 1995/1997 Participação ativa nas atividades acadêmicas e classistas. Presidiu o Daep, foi duas vezes presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Oeste do Paraná e do Crea-PR, onde criou o Programa Casa Fácil de moradia popular. Atuou no BNH e na Itaipu Binacional, foi diretor da Emopar (atual Decom), presidente da Cohab-Curitiba, secretário nacional da Habitação, diretor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), presidente do Conselho do Paranacidade e gerente do projeto de urbanização da Costa do Descobrimento, Bahia, entre outras funções.
ENG. VOLMIR SELIG <br /> Gestões 1997 a 2001 Dirigente de empresas de construção civil, seu portfólio registra várias centenas de edifícios construídos nas mais diferentes localidades. Líder classista, foi diretor do Sinduscon-PR e duas vezes presidente da Ademi, onde organizou a Ademilar, primeira empresa nacional de consórcio imobiliário com capital de empresas de construção civil. Deu grande impulso aos programas de educação continuada no IEP e ampliou a pauta de debates sobre grandes temas de interesse de Curitiba, como o novo código de Posturas e a atual Lei de Zoneamento.
ENG. GILBERTO PIVA <br /> Gestões 2001 a 2005 Empresário da construção civil, conta com considerável acervo técnico em pontes, viadutos e pavimentação, onde é especializado. Diretor e responsável técnico da Tengel – Técnica e Empreendimentos de Engenharia Ltda. Extenso currículo no âmbito classista, como presidente da Apeop, diretor e vide presidente da CBIC, conselheiro da Abenc, vice-presidente do CREA e de outras entidades. No IEP promoveu vários debates sobres grandes temas paranaenses, consolidou os cursos de educação continuada (inclusive a distância), criou a Incubadora de Empreendimentos Tecnológicos e o mestrado em parceria com o Lactec.
ENG. LUIZ CLÁUDIO MEHL <br /> Gestões 2005 a 2009 Empresário da construção civil, presidente da Filhos de Henrique Mehl S/A Indústria e Comércio. Exerceu cargos na área de Urbanismo da Prefeitura de Curitiba. Diretor de diversas associações representativas de classe, como Ademi/PR e Sinduscon/PR, fundador da Apeop/PR, Universidade Livre da Construção e CBIC – Câmara Brasileira da Indústria da Construção. No IEP inaugurou o Espaço da Tecnologia – Centro de Eventos do IEP. Instituiu o Banco de Ideias, promoveu no Instituto, expressivos eventos sobre infraestrutura e ampliou a presença da entidade no contexto sócio-político paranaense.
ENG. JAIME SUNYE NETO <br /> Gestões 2009 a 2013 Jaime Sunye Neto formou-se em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 1973. Exerceu o cargo de Superintendente de Desenvolvimento Educacional da Secretaria de Educação do Paraná. Foi secretario, tesoureiro e vice-presidente do IEP, onde exerceu a presidência até março de 2013.
ENG. CASSIO JOSÉ RIBAS MACEDO <br /> Gestão 2013 a 2015. Engenheiro Civil formado pela Universidade Federal do Paraná (1975). Foi um dos sócios fundadores da Engenho Construções Ltda (1978). Executou obras para grandes clientes como Itaú, Petrobrás, Esso, Texaco, Casas Pernambucanas, entre outros. No setor de obras públicas, foi responsável pela construção de rodovias no Paraná e em Santa Catarina. Foi co-responsável técnico pelo Consórcio DM CESBE SINODA na execução das obras de construção a Usina Hidrelétrica Segredo – segunda maior usina da Copel. Conselheiro do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP) junto ao CREA-PR por cinco gestões. Na sua gestão no IEP, com o patrocínio da Itaipu foi concluído Centro de Eventos, outras obras foram executadas, como a reforma do 4º andar com a colocação de piso elevado, modernização dos elevadores, construção de banheiro no 1º andar acessível para portadores de necessidades especiais, troca de telhado na casa de máquinas, além de implantação de sistema de segurança com instalação de câmeras de segurança e algumas salas foram instalados sistemas de climatização.
ENG. NELSON LUIZ GOMEZ <br /> Gestão 2015 até 2017. Engenheiro eletricista pela UFPR, diplomado em 1973, Analista de Sistemas e Mestre em Administração pela mesma Universidade e Advogado pela UniCuritiba, turma de 2010, Nelson Luiz Gomez cumpriu boa parte de sua vida profissional na Copel (Companhia Paranaense de Energia), onde ingressou como estagiário em 1972. Na empresa, onde se aposentou, desenvolveu atividades na Divisão de Sistemas de Engenharia, no Departamento de Sistemas Técnico-científicos e na Superintendência de Informática. Desenvolveu e implantou programas e sistemas de simulação na área de Engenharia Elétrica (cálculo de flechas e tensões em linhas de transmissão e distribuição, fluxo de potência, transitórios eletromagnéticos, curto-circuito, estabilidade Transitória, entre outros). Entre 1977 e 1992 foi professor do Departamento de Informática da UFPR; como engenheiro eletricista desenvolveu projetos em instalações industriais e residenciais no Paraná; na qualidade de advogado, é defensor dativo com ações mais de 300 ações nos três graus de jurisdição, em cinco anos. Em seus tempos de estudante foi considerado o melhor aluno do curso de Engenharia Elétrica da UFPR (1973) e o terceiro melhor aluno do curso de Direito da UniCuritiba (2010); autor do Melhor Trabalho Acadêmico – “A satisfação do usuário de informação na Internet -, nos 50 anos da Fundação Getúlio Vargas-SP (2004); entre 1978 e 1993, foi professor homenageado e paraninfo de diversas turmas de formandos de bacharelado em Informática da UFPR. Autor de capítulo do livro Tecnologia de Informação organizado por Alberto Luiz Albertin e Rosa Maria de Moura Albertin, da Editora Atlas. No IEP, chegou à presidência em 2015, depois de ampla participação em setores da entidade: diretor de cursos na gestão do professor Luiz Carlos Pereira Tourinho (1993-1995), vice-presidente Financeiro na gestão do engenheiro Luiz Cláudio Mehl (2005-2007), vice-presidente Administrativo, na gestão do engenheiro Jaime Sunye Neto (2011-2013); membro do Conselho Deliberativo (2014-2015). Como conselheiro-representante do IEP junto ao Crea-PR por três mandatos, foi, naquele Conselho de Engenharia e Agronomia, diretor e coordenador de Câmara Especializada de Engenharia Elétrica e de Comissões. De 2003 a 2010, foi diretor de Esportes, de Marketing e de Informática do Clube Curitibano.
ENG. JOSÉ RODOLFO DE LACERDA <br /> Engenheiro graduado pela Escola de Engenharia da UFPR-Universidade Federal do Paraná; José Rodolfo de Lacerda atuou na Rede Ferroviária Federal, onde realizou o projeto de Implantação e Fiscalização de Pontes e Viadutos, na variante Pinhais/Engenheiro Bley, com um número de vinte e sete obras. Foi coordenador do Curso de Engenharia civil da UFPR e professor da disciplina “Pontes, Grandes Estruturas Metálicas e de Concreto Armado por 22 anos, também foi professor da disciplina “Projeto de Pontes” do curso de Pós-Graduação da UFPR, por seis anos e Conferencista e Palestrante da Associação Brasileira de Engenheiros Civis – Seção Paraná. Conselheiro junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná, pela ABENC-PR, de 2009 a 2011; Diretor 1º Secretário do CREA-PR, em 2011; Membro do Conselho Deliberativo do Instituto de Engenharia do Paraná, na 1ª gestão do Eng. Luiz Cláudio Mehl e Conselho Fiscal na 2ª gestão; Membro da Diretoria do Instituto de Engenharia do Paraná, na 1ª gestão do Eng. Jaime Sunye Neto; Engenheiro responsável técnico da empresa ENPLAN ENGª LTDA, com autoria de projetos estruturais de pontes e viadutos; Engenheiro Consultor Projetista de Estruturas do Escritório Técnico desde 1965, com responsabilidade técnica de cerca de 2.000 projetos estruturais. José Rodolfo Lacerda foi presidente do IEP Instituto de Engenharia do Paraná na gestão de 2017/2019.